terça-feira, dezembro 13, 2005

Druidas




Depois de falar de um óptimo filme, vou falar de um péssimo.
“Os druidas”, relatam o conflito de César com os gauleses, sendo Vercingetorix o herói. A história é relativamente fiel aos acontecimentos (com algumas aventuras pelo meio para entreter). O problema é que Vercingetorix é representado por Christopher Lambert (o que fez o filme “Os imortais”), tendo poucas capacidades de representação; nem a melhor representação dos outros actores (nomeadamente Max Von Sidow) o salvam. O filme apesar de tentar ser profundo e dramático não o consegue, e como filme de aventuras também falha. O armamento romano é posterior (mas imagino que tivessem aproveitado os materiais de outros filmes por razões orçamentais) e nem sequer as batalhas são minimamente credíveis (poucos actores e má coreografia: existe um plano filmado de cima que supostamente representa o ponto onde os soldados passam, mas percebe-se que são sempre os mesmos 6 ou 7). Enquanto que o gladiador atropelava completamente a história, inventando alegremente o que queria mas era um razoável filme de aventura, este é apenas aborrecido. É certo que o filme resiste à tentação muito comum de apresentar bons e maus: cada lado tenta defender os seus interesses; também comete muitos atropelos à história. Mas não compensa a má representação e o aborrecimento.

2 comentários:

Filipe Alves disse...

Também fikei com essa ideia :)

fotArte disse...

Gostei de a visitar.
Felicidades e Bom Natal