quarta-feira, janeiro 04, 2006

Aguirre o conquistador




Vi o filme há uns anos atrás e lembro-me que me espantou a princípio: actores alemães a representarem conquistadores espanhóis? Mas acabei por gostar muito do filme; mais tarde li uma crónica do séc. XVI de um seu companheiro (creio que se chamava Eldorado o livro) e vou começar por esta, dado que retrata parte da vida de Aguirre.
Lopo de Aguirre nasceu no reino de Espanha em 1510 e era filho de um nobre. Partiu como outros para o novo mundo em busca de riquezas, que tinham feito a fama de Pizarro e Cortês. Ora se essas são as duas expedições mais conhecidas, numerosas outras existiram. Grupos de aventureiros procuravam descobrir novos impérios e atingir o El Dorado. Aguirre participou em várias expedições. Também se meteu em problemas e esteve foragido depois de um assassinato. Conseguiu um perdão da coroa e voluntariou-se (1560) numa outra expedição pelo rio amazonas, liderada por Pedro de Ursua. No ano seguinte (ainda na expedição) participou numa conspiração que substituiu Ursua por Fernando de Guzmão; Aguirre livrou-se dele mais tarde e tomou a liderança. Decidiu então proclamar-se senhor da América do sul e escreveu uma extraordinária carta a Carlos V dizendo-lhe para não se meter no território que era o seu por direito de conquista e esforço de tantos anos. Os seus seguidores mantinham-se fiéis devido à sua crueldade e pronta execução de potenciais traidores. Quando entrou em contacto com as tropas da Coroa, tudo se esborou, os seus seguidores abandonaram-no e depois de conseguir matar a filha, foi morto.
O filme (Aguirre, a ira de Deus) acompanha unicamente a última expedição, embora contenha elementos retirados de outras expedições e contenha alterações em relação à história. Vemos Aguirre que é uma personagem relativamente menor, crescer de importância, as conspirações e a progressiva loucura de Aguirre. No final do filme, vemos os sobreviventes deitados em jangadas à deriva (sem sabermos se estão vivos ou mortos) com Aguirre a gritar as suas futuras conquistas e que criará uma nova estirpe com a sua filha, enquanto uma série de macacos estão nas jangadas indiferentes aos seus gritos. A maneira como a selva é filmada é opressiva: é um inimigo do homem que não devia lá estar e que parte para a morte. E as representações são excelentes, com bons retratos psicológicos.

2 comentários:

1 disse...

Hello Parca ! You built a really nice blog, congratulations! I would like to advise you my website about scommesse online . Only scommesse online !

1 disse...

Complimenti Parca per il post riguardante Aguirre o conquistador . Volevo sapere se puoi dare uno sguardo al mio sito che parla di risultati scommesse e dirmi come ti sembra. Se ti interessa l'argomento risultati scommesse non puoi trovare di meglio!